Série de TV The Last Of Us Adiciona Três Novos Membros ao Elenco, Incluindo o Ator de voz de Tommy

Mais alguns rostos estão se juntando à série de TV da HBO baseada em The Last of Us, desta vez com a inclusão de um novo personagem que podemos apenas assumir que serve para ajudar a preencher a lacuna entre a adaptação e o primeiro jogo da franquia da Naughty Dog. Juntando-se a Pedro Pascal (The Mandalorian) e Bella Ramsey (Game of Thrones) estão Jeffrey Pierce (dos jogos Castle Rock e The Last of Us), Murray Bartlett (Nashville) e Con O’Neill (O Senhor dos Anéis: O Retorno de O rei). 

A confirmação das últimas notícias do elenco vem via comunicado da HBO TV, que também se pronunciou dizendo que  a serie está programada para acontecer dentro da linha do tempo do primeiro jogo. Kantemir Balagov está programado para dirigir o episódio piloto da coprodução entre a PlayStation Productions, a Sony Pictures Television, a Word Games, a The Mighty Mint e a própria Naughty Dog. A série de TV The Last of Us também tem dois novos diretores com Jasmila Žbanić (Aida) e Ali Abbasi (Border), que foram revelados em maio. A dupla se junta ao criador de Chernobyl, Craig Mazin, enquanto a equipe trabalha ao lado da Naughty Dog na direção criativa.

Jeffrey Pierce no elenco de é emocionante para os fãs do primeiro jogo, porque ele interpretou o irmão de Joel, Tommy, em ambos os títulos. Ele também não é o primeiro dublador a ir para o set da HBO, Merle Dandridge também está na próxima série de TV reprisando seu papel como Marlene. Pierce não interpretará Tommy, esse papel já foi escalado, mas interpretará um “rebelde em uma zona de quarentena” com o nome de Perry. Se o nome do personagem não soa familiar, é porque ele não estava nos jogos, o que significa que é mais do que provável que ele seja um acréscimo para ajudar a preencher a lacuna entre a série de TV e a narrativa que conhecemos dos próprios jogos.

Falando sobre os jogos e as histórias que eles contam, Neil Druckmann da Naughty Dog disse no passado que a série de TV apresentará conteúdo original para aprimorar o enredo do primeiro The Last of Us. A narrativa do primeiro jogo foi imensamente poderosa e levou os jogadores a uma longa jornada que mostra o que significa ser humano, mesmo as partes não tão bonitas.

“Falamos longamente que a primeira temporada da série The Last of Us será o primeiro jogo”, disse Druckmann em uma entrevista anterior ao falar sobre a filosofia que esta série está tomando. “No que diz respeito às coisas superficiais, como um personagem deve usar a mesma camisa xadrez ou a mesma camisa vermelha? Eles podem ou não aparecer nela; isso é muito menos importante para nós do que obter o cerne de quem são essas pessoas e o cerne de sua jornada. As coisas às vezes ficam bem fechadas. É engraçado ver meu diálogo lá dos jogos nos scripts da HBO. E às vezes eles se desviam muito para um efeito muito melhor, porque estamos lidando com um meio diferente.” 

Será interessante ver aonde a adaptação para a TV levará os fãs. Também é bom ver que essa história está se espalhando em forma de episódios em vez de um filme, dando à equipe mais liberdade para contar sua história em seu próprio ritmo, em vez de tentar amontoar tudo em um único filme.

Entusiasta do mundo dos games desde muito cedo, iniciou sua jornada muito jovem já salvando o mundo de um apocalipse zumbi, depois disso voltou no tempo para resgatar princesas e combater vilões amórficos. Sempre teve como sonho trabalhar com games, seja na criação, desenvolvimento, ou, neste caso, falando sobre eles. Hoje é fundador e administrador do Games Alheios.

Afonso Baldez

Entusiasta do mundo dos games desde muito cedo, iniciou sua jornada muito jovem já salvando o mundo de um apocalipse zumbi, depois disso voltou no tempo para resgatar princesas e combater vilões amórficos. Sempre teve como sonho trabalhar com games, seja na criação, desenvolvimento, ou, neste caso, falando sobre eles. Hoje é fundador e administrador do Games Alheios.